Quem será o seu próximo cliente

Vamos de textão mesmo! O assunto é importante demais para economizarmos no discurso ;)


O controle dos pais, as restrições de idade nas mídias sociais e uma pandemia global mantiveram a Geração Alfa em segredo, mas agora ela está atingindo todo o seu potencial. Quem quiser construir uma marca para o futuro precisa prestar atenção ao grupo sub-12 desde já. Depois que a Geração Alfa se tornar adolescente, com autonomia, influência e renda disponível, já poder ser tarde demais.




Os jovens mais velhos da Geração Alfa, nasceram em 2010, mas em apenas uma década eles aprenderam a se tornar compradores online inteligentes. Em 2020, 81% das crianças com menos de 12 anos influenciaram as compras da família, traduzindo-se em US$ 500 bilhões em compras por ano.

Com o varejo físico reaberto, eles provavelmente ficarão curiosos sobre o que as lojas físicas têm a oferecer. Este pode ser especialmente o caso de shopping centers, onde grupos mais velhos da Geração Alfa e a Geração Z se reúnem para socializar e ter a primeira experiência de “comunidade”.

Para aumentar o desafio, pela primeira vez na história, uma geração de crianças está crescendo em um mundo moldado pela inteligência artificial (IA). Crianças e jovens são cercados por IA, desde mídias sociais até tecnologia educacional, videogames e brinquedos inteligentes. A IA determina o que elas assistem online, seu roteiro de estudos enquanto aprendem e a maneira como brincam e interagem com os outros.

O futuro do varejo pode estar nessas crianças, que estão sendo moldadas por tudo ao seu redor. Shoppings e varejistas têm os meios para desempenhar um papel importante nessa formação. O sucesso depende de ouvir esses jovens consumidores, antecipar seus valores ainda em construção e considerar essas preferências nas comunicações – na linguagem, no formato e nas atitudes – do app à loja física.

A idade é mais do que um número. Quem não prestar atenção à Geração Alfa corre o risco de perdê-la. Porque, não se engane, eles estão prestando atenção. E em breve, eles também estarão “ao volante”.

Esse post é uma consolidação de materiais publicados recentemente pela Wunderman Thompson, Shopify, World Economic Forum e Forbes.


#varejo #tecnologia #futuro #sucesso #transformação #futurodovarejo #geraçãoalpha #transformaçãodigital

#inovacao #designdeservico #servicedesign #culturadeinovacao #design #consultoria #designdesolucoes #designthinking #designdenegocios